Ascensão de um Deus

085

Autor: Calebe Piccoli Camargo | Revisor: Stromkirk

Em outra parte da Área do Dao do Espírito Chi Ziyun lutava contra seu oponente, um homem de pele morena e olhos azuis, seu cabelo comprido chegava até sua cintura e sua arma era uma alabarda de ouro.

Chi Ziyun era especialista em combate a distância, mas ela usava uma delicada espada de ouro, ao mesmo tempo que enviava diversos ataques de fogo e água. Seu poder era realmente avassalador, seu oponente estava no mesmo Grau que ela, mas ela mantinha uma pequena vantagem.

Seus golpes eram como carpas pulando pelo rio, como milhares de flores desabrochando ao mesmo tempo. Chi Ziyun e seu inimigo estavam lutando como Mestres da arte dos duelos, era realmente uma cena linda de se ver.

Não existe momento mais belo e único na vida de um Cultivador do que em uma batalha, era ali que ele era testado e forjado. Somente em meio ao caos de uma luta que alguém poderia espremer seu potencial e descobrir seus limites ou até mesmo quebrá-los.

O jovem movimentava sua alabarda com precisão e graça, o encontro de sua arma com a delicada espada de Chi Ziyun causava ondulações no Qi ao redor e a arena parecia ser recortada com finas navalhas.

A luta se estendeu por alguns minutos até Chi Ziyun finalmente conseguir enviar seu inimigo voando para fora da área de duelo.

***********************************

As batalhas continuaram e no fim do dia Wuhan Xie, Lian Mei e Chi Ziyun haviam vencido todos os seus duelos.

A noite haveria um grande jantar para comemorar o primeiro dia do Encontro dos Seis Grandes. O evento ocorria em três dias, sendo o segundo somente para descanso e recuperação dos ferimentos.

Chi Ziyun, Wuhan Xie e Lian Mei comiam juntas, enquanto riam e conversavam. Mesmo tendo passado pouco tempo, elas eram realmente como irmãs, sua amizade crescia exponencialmente conforme os dias passavam.

Long Mu e Ming Feng estavam sentados em uma mesa juntos dos outros Anciãos. Tian Mao comia com as Matriarcas e Patriarcas das outras Seitas, apesar da clara competitividade que existia entre eles, no fim todos eles eram pessoas poderosas demais e sabiam que a única coisa que importava era o futuro, não só de sua Seita, mas de todo o Continente.

***********************************

Algumas horas depois Chi Ziyun, Lian Mei e Wuhan Xie saíram do salão e foram em direção às suas residências. Elas estavam calmamente andando quando Chi Ziyun disse baixinho.

“Estamos sendo seguidas.” – Chi Ziyun.

“Uma pessoa?” – Lian Mei.

“Olha, olha… Senhorita Chi Ziyun, Wuhan Xie e Lian Mei, é um prazer conhecê-las.” – Cui Jia.

“Senhor Cui Jia.” Chi Ziyun respondeu com uma pequena reverência.

“O que vocês acham de continuarmos a comemoração com um pouco de bebida?” – Cui Jia.

“Não, precisamos encontrar nossa Mestra. Com licença.” Chi Ziyun disse enquanto ia embora junto das duas garotas.

“Ei, ei… Quem disse que eu estava pedindo… Venham, vamos logo!!” – Cui Jia.

Chi Ziyun franziu as sobrancelhas e disse: “Você é idiota? Quem você pensa que é?”

“Oh!! Você acha que pode se voltar contra mim? Você só serve para o prazer, desista de ser uma cultivadora.” Cui Jia disse rindo. “Venham logo ou terei de ser indelicado.”

“Wuhan Xie… Lian Mei… Corram e procurem a Mestra, eu vou atrasar ele o máximo que eu puder.” – Chi Ziyun.

“Mas… Ele é muito forte.” – Lian Mei.

“Vão… Eu consigo me virar.” – Chi Ziyun.

Relutantes as duas garotas saíram, elas sabiam que com seu cultivo apenas no Dao da Integração elas jamais seriam de ajuda e somente atrapalhariam Chi Ziyun. Rapidamente elas dispararam em direção aos seus aposentos onde Long Mu estava.

Cui Jia percebendo as intenções de Chi Ziyun correu em direção a ela com sua arma em punho, ele havia colocado seus olhos naquelas duas beldades durante os Duelos e ele jamais foi recusado por nenhuma mulher, mas essas três garotas o estavam rejeitando completamente, ele não deixaria isso terminar assim.

Ela rapidamente puxou sua espada e a trouxe para defender-se, o impacto fez uma leve onda de choque se espalhar pelo local e a forçou a dar alguns passos para trás, enquanto Cui Jia permaneceu no mesmo lugar.

“Você não é minha oponente… Vou derrotar você logo e alcançarei aquelas garotas… Depois de alguns dias comigo vamos ver se terá algum resquício de orgulho em seu rosto.” – Cui Jia.

Chi Ziyun liberou toda sua [Aura] e rugiu: “Socorro!!!”

Cui Jia percebendo sua ideia rapidamente disparou contra ela e usando todo o seu poder ele lançou um pesado golpe sobre Chi Ziyun a fazendo voar contra uma parede.

Sem lhe dar trégua ele atacou com centenas de esferas de terra que caíam como meteoros sobre o corpo de Chi Ziyun, no fim ele era muito mais forte que ela. Ele tentou se segurar pois não queria estragar o belo corpo e rosto que ela tinha, mas se ele a deixasse continuar gritando as pessoas seriam alertadas.

Chi Ziyun não conseguia se defender, mesmo com sua genialidade ela havia a pouco tempo quebrado para o 2º Grau do Dao do Espírito, enquanto Cui Jia já estava no pico do 3º Grau. A diferença era devastadora.

Ela tentava defender das Esferas de Terra, mas os ataques vinham de todos os lados e eram impiedosos, ela estava encurralada. Cui Jia queria subjugar rapidamente, mas ela resistia bravamente aos seus ataques. Ela continuava gritando, fazendo com Cui Jia hesitasse, lhe dando uma breve brecha para fugir.

Cui Jia percebendo que Chi Ziyun queria correr rugiu: “Explosão de Qi”

No momento seguinte uma imensa onda de choque saiu de sua espada de ouro e foi em direção a Chi Ziyun, que por sua condição já debilitada não conseguiu desviar do ataque e o recebeu em cheio sendo jogada dezenas de metros à frente como uma boneca de pano.

Vendo o que ele havia feito, ele olhou na direção que Lian Mei e Wuhan Xie correram, mas hesitou ao ver que já haviam pessoa correndo na direção dele. As explosões não passaram despercebidas e o grito de Chi Ziyun alertou os guardas da Seita da Luz Celestial.

Ele então rapidamente fez sua retirada.

*************************************

Long Mu estava em sua sala quando Wuhan Xie e Lian Mei chegaram a chamando.

Ao ser levada para onde aconteceu a luta entre Chi Ziyun e Cui Jia, ela ficou chocada com a cena.

Chi Ziyun estava extremamente ferida, seu belo rosto estava cheio de sangue, diversos ossos de seu corpo estavam quebrados e sua vida se mantinha por um fio. Os Grão Anciãos da Seita da Chama Púrpura já a estavam atendendo lhe dando pílulas e elixires para curar seus ferimentos.

“Como… Como ela está?” – Long Mu.

“Ela está bem ferida, seu cultivo sofreu alguns danos, mas ela deve se recuperar dentro de algumas semanas…” – Grão Ancião.

Long Mu então se virou para Wuhan Xie e Lian Mei e disse: “Cui Jia não é mesmo?”

“S… Sim senhora… Nos desculpe… nós… nós… nós não tínhamos como ajudar ela.” Lian Mei disse aos prantos.

“Fiquem tranquilas, Chi Ziyun agiu certo lhes enviando a mim, vocês não conseguiriam fazer nada, mas levem isso como uma lição… Somente a força tem razão, o bem só vence o mal se ele for mais forte…” – Long Mu.

Ela já estava se preparando para correr cegamente em direção ao local onde a Seita da Espada Celestial estava hospedada para vingar sua Discípula, mas no momento seguinte uma explosiva [Aura] assassina apareceu seguida de uma distorção macabra do espaço do local.

O rosto de Tian Mao era pura fúria, ninguém conseguiu chegar perto dele.

Pousando seus olhos em Chi Ziyun deitada sobre um cobertor ele falou: “Se afastem…”

Todos deram passagem para o Patriarca se aproximar, eles sabiam que seu ódio não poderia ser apagado facilmente.

“Coma isso, fará você se sentir melhor” Tian Mao disse colocando uma pequena Pílula na boca de Chi Ziyun.

No instante seguinte o corpo dela foi coberto por uma fina camada de luz e a cor voltou gradativamente ao seu rosto.

“Quem fez isso?” Tian Mao perguntou enquanto se virava para a multidão e sua aura se intensificava.

“Cui Jia da Seita da Espada Celestial.” – Long Mu.

“Entendo…” Terminando sua fala ele desapareceu instantaneamente.

***********************************

‘BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM’

Toda as instalações onde a Seita da Espada Celestial estava hospedada tremeram.

“Cui Jia venha enfrentar sua morte.” – Tian Mao.

Ao fim de sua frase outra poderosa [Aura] apareceu.

“Patriarca Tian Mao, que queixas você tem contra meu Discípulo?” – Kang Peng.

“Ele atacou minhas Discípulas, vim aqui para matar ele…” – Tian Mao.

“Receio não poder permitir tal acontecimento…” – Kang Peng.

“Você ousa tentar me impedir?” O rosto de Tian Mao escureceu e o espaço ao seu redor parecia tentar fugir dele.

“Você não tem como me intimidar, você é forte, mas uma luta entre nós dois traria consequências para ambas as Seitas… Além disso você não tem nenhuma prova de que ele fez algo…” Kang Peng, também estava temeroso. Ele sabia que seu Discípulo fez algo imperdoável, mas entregar ele era como admitir que ele estava errado e a morte seria certa. Ele não podia permitir isso, ninguém sabia, mas Cui Jia era o filho bastardo de seu filho, ou seja, Kang Peng era o avô de Cui Jia, ele jamais deixaria seu neto morrer.

Tian Mao era alguém no Dao da Purificação sua mente era muito mais forte que um cultivador normal, ele sabia as consequências de uma luta entre duas Grandes Seitas, além disso, no momento ele já estava com problemas com a Seita dos Mil Venenos. No fim Chi Ziyun não morreria e com a Pílula que ele a entregou ela se recuperaria em duas ou três semanas.

“Tian Mao… Você sabe que isso não é a melhor decisão no momento…” Cai Bo disse aparecendo ao lado de Tian Mao.

“Lembre-se Kang Peng e avise seus Discípulos…. Se ousarem encostar um dedo em alguém da minha Seita novamente, eu pessoalmente esmagarei cada osso de seus corpos até retirar o último fio de vida…” – Tian Mao.

Kang Peng sabia que as palavras de Tian Mao eram reais, seu jeito manso e justo, o fazia parecer alguém gentil e misericordioso, mas somente os Patriarcas e Matriarcas sabiam o quão feroz ele poderia ser. Na Invasão de anos atrás, por um momento Tian Mao lutou de igual para igual contra dois dos Oito Reis. Sua força não poderia ser levada levianamente.

Percebendo que suas intenções não poderiam ser levadas até o fim, Tian Mao calmamente recuou, mas seu coração ardia.

Ele poderia estar se afastando agora, mas ele jamais deixaria tal ato sair sem nenhuma punição, ele iria certificar-se de fazer toda a Seita da Espada Celestial pagar por tal ato.