O Último Herdeiro Da Luz

085

Cerca de 30 minutos se passaram desde que Zao Tian e Ming Xue se deitaram no chão. Dessa forma, todos os trabalhos já haviam terminado e aqueles que necessitavam de algum descanso já haviam se recuperado.

*Plaft. Platf.*

A visão do céu de Zao Tian, foi bloqueada por um tigre branco, que ficou na frente do rosto dele. Também, duas gotas nojentas e pegajosas de baba, caíram no rosto de Zao Tian…

“Caralho… Gu Ren… Essa merda não é feita de energia espiritual? Por que ela está babando?” Zao Tian xingou enquanto limpava o seu rosto.

“Hahahahaha… Isso… É baba espiritual!” Gu Ren respondeu enquanto gargalhava.

“Mas que porra… Pra que criar uma coisa dessas?” Zao Tian xingou ainda mais enquanto se sentava e empurrava a cabeça do tigre branco.

“Sigh… Sigh… Que fofinho!”

Zao Tian escutou a voz de Ming Xue rindo.

“Mas… Que merda é essa?” Zao Tian xingou novamente, pois o motivo dos risos de Ming Xue, era porque um filhote de tigre branco estava se esfregando em Ming Xue enquanto ronronava.

“Vem aqui, seu…” Zao Tian falou enquanto agarrava o filhote de tigre branco pelo pescoço e o arremessava para longe.

“Noivo… Por que… Você… Fez isso?” Ming Xue falou pausadamente, enquanto olhava repressivamente para Zao Tian.

Gu Ren, por sua vez, olhou para o filhote desaparecendo no céu e criou outros três filhotes…

“Ooooonnnntttt…” Ming Xue olhou admirada para a fofura daqueles filhotes e entortou a cabeça.

*Booom… Booom… Booom…* Zao Tian criou três pontos de luz e imediatamente, explodiu os três filhotes.

“Crie mais… E eu explodirei cada um deles!” Zao Tian falou enquanto olhava repressivamente para Gu Ren.

“Zao… Tian… Por que você fez isso com aqueles pobres filhotes?” Ming Xue esbravejou.

“Xue… Esse viado desse Gu Ren, está apenas querendo me enfezar! Esses bichinhos são apenas uma técnica dele! Se você quiser, eu mesmo trarei um de verdade para você, mas eu não aceitarei ser sujado de baba espiritual enquanto você brinca com esses bichinhos!” Zao Tian falou irredutivelmente.

“Eu espero… Que você realmente cumpra a sua promessa! Eu quero um desses para mim!” Ming Xue respondeu.

“Está vendo o que você fez? Agora eu terei que conseguir um desses para ela!” Zao Tian falou nervosamente com Gu Ren.

“Hahahahahaha…” Gu Ren não respondeu, ele apenas gargalhou.

“Vai rindo… Não se esqueça da nossa aposta! Também, você irá me ajudar a encontrar um desses filhotes!” Zao Tian falou.

Assim que escutou a palavra aposta, Gu Ren parou de rir e imediatamente engoliu seco. Com uma expressão séria, Gu Ren olhou para os muros do território Huolong e falou: “Vamos lá para dentro! Todos estão esperando por você!”

Zao Tian e Ming Xue se levantaram; Também, Ming Xiao se juntou a eles e os quatro caminharam na direção do território Huolong.

Assim que eles passaram pelos buracos dos muros, os quatro se depararam com uma belíssima paisagem. Apesar dos diversos corpos que estavam próximos a eles, no horizonte mais ao fundo do território Huolong, uma vastidão de terra fértil, produtiva, rica e bela, foi vista por eles.

Naquele horizonte, não havia nem uma única construção humilde; Rios, lagos, e córregos cristalinos repletos de peixes, se espalhavam por todos os lados; A grama verde, estava presente em todo canto; Campos medicinais e plantações de frutas e vegetais, eram tão vastos, que sumiam de vista. Em termos de riqueza, abundância de recursos e qualidade de vida, o território Huolong era infinitamente superior aos territórios Ming e Gu.

Após passar por todos os corpos que estavam no chão, Zao Tian se agachou e tocou na grama verde. Após sentir a grama entre os seus dedos, Zao Tian fechou os olhos e pensou: “Demorou, mas o meu povo finalmente poderá reivindicar o que foi construído com o esforço deles!”

Após abrir os olhos, Zao Tian pegou um amuleto de transmissão sonora e falou: “Sênior Luo, pode trazer os capatazes das minas e os trabalhadores para o território Huolong!”

Imediatamente, Zao Tian escutou uma transmissão de resposta: “Sim, Jovem mestre! 57 capatazes não colaboraram e foram mortos, mas os outros estão acorrentados! Também, os trabalhadores já estão prontos para partir para aí!”

“Ótimo! Eu aguardarei ansiosamente!” Zao Tian encerrou a transmissão.

Dentro do território Huolong, Zao Tian observou diversas marcações feitas com algumas estacas. Aquilo foi obra dos homens de Yan Huo, cada estaca daquelas indicava onde havia uma armadilha.

“Andem com cuidado e fiquem longe daquelas estacas!” Zao Tian alertou.

Os quatro continuaram caminhando pelo território Huolong. O local era tão vasto, que era fácil se perder lá dentro, contudo, havia um grande rastro de pegadas por onde as tropas aliadas e os prisioneiros haviam caminhado. Dessa forma, Zao Tian e os três tiveram apenas que seguir a direção das pegadas. Mesmo assim, Zao Tian gastou bastante tempo no reconhecimento e na exploração do território, pois ele queria esperar até que os trabalhadores chegassem ao território Huolong.

Após algum tempo de caminhada, os quatro se depararam com uma imensa construção, que mais parecia um palácio; Nos portões do palácio, havia duas estátuas, com 15 metros de altura, que vestiam armaduras leves e seguravam raios nas suas mãos direitas; As cabeças daquelas estátuas estampavam faces imponentes e opressoras, mas naquele momento, qualquer um que olhasse para elas, não teria esse sentimento, pois na verdade, as cabeças das estátuas, estavam no chão.

Qualquer um que olhasse para elas naquele momento veria apenas estátuas maculadas, que simbolizavam o fim de uma era.

Após passarem pelas duas estátuas e adentrarem no palácio, os quatro observaram um enorme salão, que comportava dezenas de milhares de pessoas. Todo aquele salão, estava ocupado pelos prisioneiros que estavam ajoelhados e com as faces tocando o solo.

No final do salão, havia um grande trono, feito de ouro; Ao lado do trono, havia mais 10 luxuosas cadeiras de ouro; Atrás de cada cadeira, havia uma grande estátua, que retratava um patriarca da família Huolong; Atrás do trono, havia uma estátua exatamente igual a Huolong Bai.

“Destruam essas estátuas!” Yan Hu ordenou para alguns dos seus homens.

Assim que a voz de Yan Huo caiu, alguns homens destruíram as estátuas que representavam Huolong Bai e os antigos patriarcas Huolong.

Vendo aquela cena, um dos principais Élderes da família Huolong, não pôde se conter e suplicou…

“Senhores… Por favor, a minha família Huolong conservou este salão por incontáveis gerações, eu peço encarecidamente, para que não profanem o Salão Dos Ancestrais!”

“Hahahahaha… Você ainda não conseguiu entender? Este território não pertence mais à sua família Huolong!” Yan Hu respondeu enquanto olhava desdenhosamente para o Élder.

“O que… Vocês tomarão o nosso território? Mas quem… Irá usurpar as nossas terras?” Confuso, o Élder perguntou.

*Tap. Tap. Tap. Tap…*

Os sons dos passos de uma pessoa, soram por todos o Salão Dos Ancestrais. Um jovem caminhava lentamente na direção do trono de ouro…

“Você… Por que…” Assim que viu o jovem, o Élder arregalou os olhos e reconheceu o jovem.

“Humph.” Lentamente, o jovem se esparramou no trono e falou: “Este território… Está sendo reivindicado pela família Zao! Fomos nós, que trabalhamos duro para que ele fosse construído! Vocês… Apenas nos exploraram!”

“Família Zao… Quem diabos é você? E quem diabos é a família Zao? Nós não temos nenhuma desavença e eu sequer conheço o nome dessa família, quando foi que nós fizemos algo a vocês?” O Élder tentou argumentar.

“Eu já cansei de dizer isso e isso já se tornou um clichê, mas o meu nome… É ZAO TIAN! A MINHA FAMÍLIA ESTÁ LOGO ATRÁS DE VOCÊS! VIREM OS SEUS OLHOS IMUNDOS E VEJAM QUAL É A DESAVENÇA QUE EXISTE ENTRE NÓS!” Zao Tian berrou enquanto apontavam para trás dos prisioneiros.

A voz e a face furiosa de Zao Tian, fez os corações de todos os Lin e Huolong, estremecerem. Contudo, quando eles se viraram para a tal ‘família Zao’… Todos ficaram pálidos de choque.

Milhares de trabalhadores das Minas De Ferro Vermelho e das Plantações De Medicinas Espirituais, estavam atrás dos prisioneiros. Também, centenas de capatazes estavam acorrentados e ajoelhados.

“OLHEM ATENTAMENTE PARA AS FACES DE CADA UM DAQUELES HOMENS E MULHERES! LEMBREM-SE DE CADA ATO DE COVARDIA QUE VOCÊS FIZERAM A ELES E AOS ANTEPASSADOS DELES! LEMBREM-SE DE TODA A EXPLORAÇÃO QUE VOCÊS IMPUTARAM A ELES! EU NASCI E CRESCI AO LADO DELES! EU… SOU A FERRAMENTA QUE O CARMA UTILIZOU PARA COBRAR DE VOCÊS!” A saliva voava da boca de Zao Tian enquanto ele berrava incessantemente.

“OLHEM PARA MIM, SEUS CÃES IMUNDOS! VOCÊS JÁ TIVERAM TEMPO O SUFICIENTE PARA LAMBER AS SUAS FERIDAS! AGORA… DAREI A CADA UM DE VOCÊS… A SENTENÇA MERECIDA!”

Assim que Zao Tian terminou, os corações dos Lin e dos Huolong, aceleraram. As informações foram despejadas sobre eles, rápido demais, sendo assim, eles mal tiveram tempo para pensar sobre como a situação deles tinha mudado tão drasticamente. De dominadores e soberanos da Província Dourada, os Lin e os Huolong, foram reduzidos a derrotados. Também, o motivo da derrota deles, foi um escravo, nascido em um dos Vilarejos de Trabalhadores, que nunca foi sequer considerado nos cálculos deles.

Quando Zao Tian mencionou a palavra ‘sentença’, todos os prisioneiros gelaram, pois se os destinos deles, fossem decididos pelos ‘escravos’ e por Zao Tian… A morte seria algo inevitável!

Enquanto os prisioneiros permaneciam amedrontados, Zao Tian diminuiu o seu tom de voz, olhou gentilmente para os trabalhadores e disse…

“Meus irmãos dos Vilarejos De Trabalhadores… A partir de hoje, os tempos de opressão e exploração… Acabaram! Muitos de vocês, nunca me conheceram ou ouviram falar mim, mas no passado, todos nós sofremos a mesma dor e o mesmo medo! Isso nos coloca no patamar de irmãos e irmãs! Eu prometo a vocês, que a atual geração e as suas futuras gerações… Terão uma vida de tranquilidade e prosperidade!”

“Antes de eu mencionar qualquer outra coisa… Eu tenho um único pedido para fazer! Eu farei esse pedido, em tom de súplica, pois o que eu irei oferecer a vocês, é algo que aquele que recusar… Com certeza se arrependerá por gerações!”

“O meu pedido é… Abdiquem dos seus sobrenomes e aceitem o sobrenome Zao! Sejam leais a minha família e juntem-se a minha casa! Aqueles sob a minha proteção e a proteção da família Zao, terão a garantia de que todos os seus esforços futuros e o seu trabalho duro… Será exclusivamente beneficente a ele e a sua família! Eu darei a vocês, a oportunidade de trabalhar e aproveitar todos os benefícios dos seus trabalhos e de uma vida tranquila!”

“Então… Eu pergunto… Quais de vocês, irão se tornar os meus irmãos de família?”

Assim que a voz de Zao Tian caiu, todos os moradores dos vilarejos que estavam ali, começaram a tremer de emoção e olharam admirados para Zao Tian enquanto os seus olhos se enchiam de lágrimas. Abdicar dos seus sobrenomes, era uma decisão extremamente difícil. Contudo, quando eles olhavam para Zao Tian, eles eram inundados por um sentimento de confiança e proteção. Esqueça sobre os benefícios ou qualquer outra promessa de Zao Tian, porque o simples fato de olhar para aquele jovem, já era capaz de fazer com que os trabalhadores pudessem confiar cegamente nele. Também, após escutar um breve relato de um dos homens de Yan Hu, sobre quem estava lutando pela liberdade deles, os moradores dos vilarejos já tinham Zao Tian como um salvador. Depois de anos de opressão, esse jovem chamado Zao Tian, apareceu e colocou a sua vida em risco por causa deles.

Diante de tantos motivos, uma multidão de milhares de pessoas, ficaram de joelhos e saudaram Zao Tian. Nem uma única pessoa dentre os moradores dos Vilarejos De Trabalhadores, permaneceu de pé. Até mesmo os anciões, que tinham muita dificuldade de se ajoelhar devido à idade, se esforçaram para ficar naquela posição.

Zao Tian assistiu enquanto todos se ajoelhavam em lealdade. Nesse momento, cinco figuras, que já ostentavam o sobrenome Zao, estavam de pé, atrás da multidão.

Zao Xin, Zao Rei, Zao Chang, Zao Jia e Zao Kumiko, olharam emocionadamente para o vitorioso Zao Tian. O olhar de Zao Tian, encontrou os olhares orgulhosos de Zao Xin e Zao Rei, que acenaram com a cabeça positivamente.

Zao Tian foi tomado por um turbilhão de emoções. Nem mesmo ele, sabia dizer precisamente, o que ele estava sentido naquele momento.

Ele precisou de alguns instantes até que fosse capaz de retomar o foco. Após respirar profundamente, Zao Tian falou…

“Obrigado… O gesto de vocês, significa que vocês concordaram com o meu pedido! Agora… Todos vocês são parte da minha família Zao! Na verdade… Eu devo dizer… Que é a nossa família Zao!”

“Vocês têm um dia para pegar os seus pertences de valor emocional em suas casas! Após isso… O meu pai, Zao Xin, o meu irmão, Zao Rei, e os meus amigos e irmãos de consideração, Zao Chang, Zao Kumiko e Zao Jia… Irão lhes mostrar onde serão as suas novas casas! A partir de hoje… Os territórios Huolong e Lin… Pertencem a nossa família e será aqui que vocês e as suas futuras gerações, viverão!”

Assim que Zao Tian terminou, cada um daqueles que tinham acabado de jurar lealdade a ele, tocou o solo e fechou os olhos. Um sentimento de alegria, como se eles tivessem recuperado algo que fora tomado deles, preencheu os corações de todos ali.

——————————————————————–

[Nota do Autor: Esta nota será rápida! Eu venho aqui simplesmente para agradecer aos discípulos e colaboradores, Maicon, Iuri, Igor e Gabriel, pelas doações que vocês fizeram para a obra! Vocês não fazem ideia do quanto isso me ajudou. Muito obrigado, pelo apoio!

Aos outros que queiram ajudar, mas não podem fazer isso financeiramente… Eu peço para que comentem os capítulos, curtam as postagens do facebook e divulguem para que outras pessoas possam conhecer a obra. O estímulo financeiro é obviamente bom, mas cada comentário ou novo leitor traz consigo um grande apoio moral!

No mais… Estamos nos aproximando do fim deste arco e muitas surpresas virão com o novo arco! Eu espero que o início do novo arco dê um ‘nó’ nas cabeças de vocês! Hahahahahaha.

Obrigado a todos!]